Sexta-feira, 30 de Junho de 2006

Bom fim-de-semana

Ponham a vossa melhor cara que hoje é sexta-feira.

Bom fim-de-semana e divirtam-se

publicado por RB às 15:26
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Pensamentos...

"Os heróis são aqueles que tornam magnífica uma vida que já não podem suportar."

(Jean Girandoux)

publicado por RB às 15:25
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Junho de 2006

Pequeno Poema - Sebastião da Gama

Quando eu nasci,
ficou tudo como estava.

Nem homens cortaram veias,
nem o Sol escureceu,
nem houve Estrelas a mais...
Somente,
esquecida das dores,
a minha Mãe sorriu e agradeceu.

Quando eu nasci,
não houve nada de novo
senão eu.

As nuvens não se espantaram,
não enlouqueceu ninguém...

Pra que o dia fosse enorme,
bastava
toda a ternura que olhava
nos olhos de minha Mãe...

...

(Este pequeno poema é para mim (eehehehe)... que hoje é o dia do meu aniversário... Beijinhos a todos os que me visitam e espero que me continuem a "aturar" por muitos anos...)

publicado por RB às 11:24
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Junho de 2006

Festival “Ondas de Contos”

Aqueles que não forem festejar a noite de S. João, poderão passar o serão de um modo diferente, assistindo ao Festival "Ondas de Contos" na Praia da Torre em Oeiras, com início às 20 horas. É, também, uma óptima forma de comemorar a chegada do Verão e o fim das aulas.

 

Para o ingresso? Basta levar uma toalha de praia, um agasalho e muita vontade de se deixar seduzir pela magia da palavra na forma de histórias encantadas, de contos fantásticos, de narrativas humorísticas e muito mais...à roda da fogueira.

...

Está confirmada a presença da Lua e das Estrelas...

Programa do Festival "Ondas de Contos"

 
Animação com a participação:
· Grupo de percussão "Tocá Rufar".
· Malabaristas e cuspidores de fogo do "Chapitô".

Contadores de estórias:
· Ângelo Torres - Apresentação Animação do Festival.
· Sofia Maul - "A Mulher do Mar", conto tradicional.
· António Gouveia - "Sir Gawain e a Dama Repugnante", conto tradicional.

· São Garcia - "Joana Normal-Normal", de Pepito Mateo.
· Helena Gravato - "Uma Mulher em Casa do Guarda Alfandegário", de Alberto Morávia.
· Edite Gil - "O João e a Morte", conto tradicional.
· Mateus Ochoa - "O Desejo do Lenhador", conto tradicional.
· Ana Lage - "A Bolsa Perdida", conto tradicional.

· Ângelo Torres - "Conto Inesperado", conto tradicional.
· Isabel Estrela - "O Príncipe Imaginário", conto tradicional.
· Claudia Carvalho - "A Cobra Grande", conto tradicional.
· Luisa Rebelo - "Uma Bola Verdadeira", de Luísa Rebelo.
· José Paula Santos - Composição de "O Deserto", de Carlos Pinhão e "Já te Agarrei" de Tim Jennings.
· Joan Foster - "Wolfie Stories" - Roald Dahl.
· Élcio di Trento - "História da Sombra", Eduardo Galeano.
· Ilda Oliveira - "O Príncipe Perfeito", de Sara Monteiro.
· Mafalda Milhões - "O Mercador de Areia", conto tradicional.
· Antonella Gilardi - "Os Quatro Véus de Kulala", de Stefano Benni.


publicado por RB às 13:35
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quinta-feira, 22 de Junho de 2006

"Sino da Minha Aldeia"

Antiga Mesquita e actual Igreja de Santa Maria - Mértola

Ó sino da minha aldeia
Dolente na tarde calma
Cada tua badalada
Soa dentro de minh'alma
e é tão lento o teu soar
Tão como triste da vida
Que já a primeira pancada
Tem o som de repetida

Por mais que me tanjas perto
Quando passo sempre errante
És para mim como um sonho
Soas-me na alma distante
A cada pancada tua
Vibrante no céu aberto
Sinto mais longe o passado
Sinto a saudade mais perto

 

Poema de Fernando Pessoa

Cantado por Maria Bethânia

 

 

publicado por RB às 23:47
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Junho de 2006

...

O tempo passa? Não passa

Carlos Drummond de Andrade

(Hoje é o dia de aniversário de uma das pessoas mais importantes na minha vida. Este poema é para ti, com um grande beijinho.)



O tempo passa? Não passa
no abismo do coração.
Lá dentro, perdura a graça
do amor, florindo em canção.

O tempo nos aproxima
cada vez mais, nos reduz
a um só verso e uma rima
de mãos e olhos, na luz.

Não há tempo consumido
nem tempo a economizar.
O tempo é todo vestido
de amor e tempo de amar.

O meu tempo e o teu, amada,
transcendem qualquer medida.
Além do amor, não há nada,
amar é o sumo da vida.

São mitos de calendário
tanto o ontem como o agora,
e o teu aniversário
é um nascer a toda hora.

E nosso amor, que brotou
do tempo, não tem idade,
pois só quem ama escutou
o apelo da eternidade.
publicado por RB às 12:44
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 20 de Junho de 2006

...

Desenho de Van Gogh

Viver é arriscar-se

Rir é arriscar-se a parecer doido...

Chorar é arriscar-se a parecer sentimental...

Estender a mão é arriscar-se a se comprometer...

Mostrar os seus sentimentos é arriscar-se a se expor...

Dar a conhecer as suas ideias, os seus sonhos, é arriscar-se a ser rejeitado...

Amar é arriscar-se a não ser retribuído no amor...

Viver é arriscar-se a morrer...

Esperar é arriscar-se a se desesperar...

Tentar é arriscar-se a falhar...

Mas devemos nos arriscar!

O maior perigo na vida está em não arriscar.

Aquele que não arrisca nada...

Não faz nada...

Não tem nada...

Não é nada...

...

RUDYARD KIPLING (escritor britânico)

Foi-lhe atribuído o Prémio Nobel da Literatura em 1907

publicado por RB às 14:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Junho de 2006

Restolho

Geme o restolho, triste e solitário
a embalar a noite escura e fria
e a perder-se no olhar da ventania
que canta ao tom do velho campanário

Geme o restolho, preso de saudade
esquecido, enlouquecido, dominado
escondido entre as sombras do montado
sem forças e sem cor e sem vontade

Geme o restolho, a transpirar de chuva
nos campos que a ceifeira mutilou
dormindo em velhos sonhos que sonhou
na alma a mágoa enorme, intensa, aguda

Mas é preciso morrer e nascer de novo
semear no pó e voltar a colher
há que ser trigo, depois ser restolho
há que penar para aprender a viver

e a vida não é existir sem mais nada
a vida não é dia sim, dia não
é feita em cada entrega alucinada
pra receber daquilo que aumenta o coração

Letra de Mafalda Veiga (do Álbum Pássaros do Sul)

publicado por RB às 01:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 18 de Junho de 2006

...

publicado por RB às 19:12
link do post | comentar | favorito
|

Acabaram as férias

Cá estou de volta.

 Agradeço a todos os que me visitaram e me desejaram boas férias. Foram realmente boas mas... curtinhas....

Estive no Baixo Alentejo e trouxe fotos lindas que vou partilhar com vocês.

Nos primeiros dias ainda brilhou o sol, mas as nuvens foram invadindo o céu, o que me permitiu tirar estas fotos espectaculares:

publicado por RB às 02:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.Pensamento do dia


"Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..." Fernando Pessoa

.pesquisar

 

.Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


.posts recentes

. Um bom ano 2012

. Madeira

. Alentejo

. Convento de Mafra – Um gi...

. Novas tarifas low cost

. Sensibilidade masculina.....

. A gripe e os homens...

. O dinheiro traz felicidad...

. Recomeça...

. O tempo...

.arquivos

. Dezembro 2011

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Links

Crónicas do Quintal
Viagens na Nossa Terra
As Paixões de uma fan
Grito da Gaivota
O Mundo da Ilusão
Luasolitária
1000imagens
Olhares
O Meu Anel
Alma Guerreira
Pensamentos da Alma
A Kind Of Magic
tons de azul
1001 Maneiras de Poupar
Deep blue angel
Hoje Li (ou não...)
Casa de Maio
A Papoila
Auxiliar de Memória
O Cantinho da Tibéu
Bijuterias da Maria
Bolos da Célia e da Ana
Nuno Cabruja
frufruegaitinhasdaprincesa
palavra puxa palavra
O Cantinho da Primavera

.Contador

.Visitantes on-line

online

.Musica

blogs SAPO

.subscrever feeds