Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007

História verídica :-)

Quem não sente curiosidade de saber o que está dentro dos embrulhos postos à volta da árvore de Natal??? Aposto que todos sentem esse "bichinho".

 

Cheguei, agora, à conclusão que essa curiosidade não é só apanágio dos humanos. É verdade e... se não acreditam, vou contar-vos esta história que é verídica. Passou-se este Natal, com o meu cão, e  veio provar que o "tipo" é mesmo inteligente.

 

Como sempre, também teve direito a uma prendinha e para ele, que está sempre pronto a comer (ou melhor a "aspirar" tudo o que lhe aparece...), nada melhor que qualquer coisita para mastigar. E assim, a prendinha dele foi um ossito e umas barrinhas próprias para cães.

 

Ele assistiu ao embrulhar do seu presente com uns olhos gulosos e tristes de não poder "embrunhá-lo", antes, dentro do seu estômago... Mas lá se conformou, pois foi logo informado de que só se podia abrir na noite de Natal, à meia noite, como é de "praxe" lá em casa. Nos dias seguintes fez algumas "vigílias" junto aos presentes, na tentativa de nos comover, mas em vão.

 

Levámos os presentes para o Alentejo, onde passámos o Natal com a família e voltámos a pô-los à volta da árvore de Natal. Houve a preocupação de pôr o presente dele e de um "sobrinho" canino que também costuma lá passar esses dias, bem lá atrás, longe dos seus focinhos gulosos.

 

Seriam umas 22 horas do dia 24, já nós olhávamos para o relógio, ansiando pela meia noite, para abrirmos os nossos presentes, quando, no meio das conversas animadas e cantorias me apercebi de um movimento suspeito, que me chamou a atenção. Nem queria acreditar... Lá estava o meu cão já com o embrulho rasgado e a deliciar-se com os ossitos e as barrinhas, todo feliz. Não conseguiu aguentar mais tempo... O mais espantoso é que ele conseguiu retirar, de entre tantos, o seu presente (certamente que o localizou pelo olfacto), mas teve a gentileza de não abrir o presente (com o mesmo conteúdo) do seu "primo" de quatro patas e que estava mesmo ao pé do dele.

 

Digam lá se não é um cão esperto...

publicado por RB às 14:27
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

.Pensamento do dia


"Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..." Fernando Pessoa

.pesquisar

 

.Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


.posts recentes

. Um bom ano 2012

. Madeira

. Alentejo

. Convento de Mafra – Um gi...

. Novas tarifas low cost

. Sensibilidade masculina.....

. A gripe e os homens...

. O dinheiro traz felicidad...

. Recomeça...

. O tempo...

.arquivos

. Dezembro 2011

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Links

Crónicas do Quintal
Viagens na Nossa Terra
As Paixões de uma fan
Grito da Gaivota
O Mundo da Ilusão
Luasolitária
1000imagens
Olhares
O Meu Anel
Alma Guerreira
Pensamentos da Alma
A Kind Of Magic
tons de azul
1001 Maneiras de Poupar
Deep blue angel
Hoje Li (ou não...)
Casa de Maio
A Papoila
Auxiliar de Memória
O Cantinho da Tibéu
Bijuterias da Maria
Bolos da Célia e da Ana
Nuno Cabruja
frufruegaitinhasdaprincesa
palavra puxa palavra
O Cantinho da Primavera

.Contador

.Visitantes on-line

online

.Musica

blogs SAPO

.subscrever feeds