Domingo, 17 de Setembro de 2006

Voltar à escola

Encontrei este poema de Alice Gomes que me pareceu apropriado a esta época do ano – o regresso às aulas. A sua leitura deixa-nos a pensar que é necessário “prender” as crianças à escola,  prestando particular atenção às suas necessidades específicas  e rever a estrutura dos programas de educação. Talvez assim se consiga ultrapassar lacunas e apostar em mudanças estruturais para conseguir uma educação de qualidade. Todos concordamos que é necessário superar o atraso na educação em Portugal e proporcionar às crianças e jovens um ambiente de aprendizagem motivador, exigente e gratificante.

Na idade dos porquês

 

Professor diz-me porquê?

Por que voa o papagaio

que solto no ar

que vejo voar

tão alto no vento

que o meu pensamento

não pode alcançar?

 

Professor diz-me porquê?

Por que roda o meu pião?

Ele não tem nenhuma roda

E roda gira rodopia

e cai morto no chão...

 

Tenho nove anos professor

e há tanto mistério à minha roda

que eu queria desvendar!

Por que é que o céu é azul?

Por que é que marulha o mar?

Porquê?

Tanto porquê que eu queria saber!

E tu que não me queres responder!

 

Tu falas falas professor

daquilo que te interessa

e que a mim não interessa.

Tu obrigas-me a ouvir

quando eu quero falar.

Obrigas-me a dizer

quando eu quero escutar.

Se eu vou a descobrir

Fazes-me decorar.

 

É a luta professor

a luta em vez de amor.

 

Eu sou uma criança.

Tu és mais alto

mais forte

mais poderoso.

E a minha lança

quebra-se de encontro à tua muralha.

 

Mas

enquanto a tua voz zangada ralha

tu sabes professor

eu fecho-me por dentro

faço uma cara resignada

e finjo

finjo que não penso em nada.

 

Mas penso.

Penso em como era engraçada

aquela rã

que esta manhã ouvi coaxar.

Que graça que tinha

aquela andorinha

que ontem à tarde vi passar!...

 

E quando tu depois vens definir

o que são conjunções

e preposições...

quando me fazes repetir

que os corações

têm duas aurículas e dois ventrículos

e tantas

tanta mais definições...

o meu coração

o meu coração que não sei como é feito

nem quero saber

cresce

cresce dentro do peito

a querer saltar cá para fora

professor

a ver se tu assim compreenderias

e me farias

mais belos os dias.

...

Alice Pereira Gomes, natural de Granjinha (Tabuaço), Pedagoga, estreou-se nas letras pelo final dos anos vinte, tendo organizado, em 1955, a antologia Poesia Para a Infância. Traduziu o Principezinho de Saint-Exupery e dedicou-se, depois de 1967, exclusivamente à literatura infantil. Fundadora e dinamizadora da Associação Portuguesa para a Educação pela Arte, desenvolveu, através dessa Associação, diversos projectos pedagógicos considerados pioneiros.

publicado por RB às 02:18
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Alexandra a 18 de Setembro de 2006 às 23:45
Olá RB,

felizmente vim até aqui ver o que por cá tinhas deixado. E que bela surpresa tive!

Boa semana!

Bjs


De Lurdes a 8 de Outubro de 2006 às 17:19
Fizeste-me viajar no tempo! Já soube este poema de cor... Beijinhos e obrigada pelo sorriso que provocaste ao ler este post.


Comentar post

.Pensamento do dia


"Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..." Fernando Pessoa

.pesquisar

 

.Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


.posts recentes

. Um bom ano 2012

. Madeira

. Alentejo

. Convento de Mafra – Um gi...

. Novas tarifas low cost

. Sensibilidade masculina.....

. A gripe e os homens...

. O dinheiro traz felicidad...

. Recomeça...

. O tempo...

.arquivos

. Dezembro 2011

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Links

Crónicas do Quintal
Viagens na Nossa Terra
As Paixões de uma fan
Grito da Gaivota
O Mundo da Ilusão
Luasolitária
1000imagens
Olhares
O Meu Anel
Alma Guerreira
Pensamentos da Alma
A Kind Of Magic
tons de azul
1001 Maneiras de Poupar
Deep blue angel
Hoje Li (ou não...)
Casa de Maio
A Papoila
Auxiliar de Memória
O Cantinho da Tibéu
Bijuterias da Maria
Bolos da Célia e da Ana
Nuno Cabruja
frufruegaitinhasdaprincesa
palavra puxa palavra
O Cantinho da Primavera

.Contador

.Visitantes on-line

online

.Musica

blogs SAPO

.subscrever feeds