Terça-feira, 4 de Abril de 2006

Estado de choque

Estou em choque (e não é tecnológico), acreditem… Mais…estou fula…

Estou há, nada mais, nada menos, que 50 dias à espera que os serviços da Segurança Social me passem uma declaração, em como não tenho qualquer contribuição em divida.

Entreguei tudo o que me foi pedido…perdeu-se por lá naquele amontoado de papéis que se acumulam nas secretárias. Voltei a enviar e …continuo à espera.

 

Habitualmente sou paciente e até compreensiva … mas hoje passei-me …50 dias, não é possível….

 

Justiça seja feita…uma coisa notei que mudou…Aquele ar de superioridade com que os  funcionários nos presenteavam quando reclamávamos e pareciam querer lembrar-nos que era um favor que nos estavam a fazer, foi trocado por um ar de desalento e de apelo à nossa compreensão, para o facto de “haver muito trabalho e pouco pessoal”.

 

E não entendo…o governo diz que há funcionários a mais e vai haver excedentários…

 

Há dias, nas minhas andanças aqui pela net, li um artigo acerca do assunto e vou transcrever um bocado e deixá-lo aqui para reflexão:

“Haverá funcionários a mais: mas de quem é a culpa? Haverá funcionários incompetentes: mas quem lhes nega a formação? Haverá funcionários corruptos: mas quem os protege? Haverá funcionários preguiçosos: mas quem é que devia dar-lhes trabalho? Haverá serviços a abarrotar de processos: de quem é a responsabilidade de os equipar devidamente? E, finalmente, há muitos funcionários competentes: quem lhes reconhece a competência e o mérito?”

 

Eu acho que os funcionários estão é mal distribuídos…Espero que se faça uma análise dos serviços deficitários e excedentários em pessoal e se proceda a uma reestruturação como deve ser, para que situações destas não aconteçam…

                                        

 

 

publicado por RB às 01:21
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.Pensamento do dia


"Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..." Fernando Pessoa

.pesquisar

 

.Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


.posts recentes

. Um bom ano 2012

. Madeira

. Alentejo

. Convento de Mafra – Um gi...

. Novas tarifas low cost

. Sensibilidade masculina.....

. A gripe e os homens...

. O dinheiro traz felicidad...

. Recomeça...

. O tempo...

.arquivos

. Dezembro 2011

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Links

Crónicas do Quintal
Viagens na Nossa Terra
As Paixões de uma fan
Grito da Gaivota
O Mundo da Ilusão
Luasolitária
1000imagens
Olhares
O Meu Anel
Alma Guerreira
Pensamentos da Alma
A Kind Of Magic
tons de azul
1001 Maneiras de Poupar
Deep blue angel
Hoje Li (ou não...)
Casa de Maio
A Papoila
Auxiliar de Memória
O Cantinho da Tibéu
Bijuterias da Maria
Bolos da Célia e da Ana
Nuno Cabruja
frufruegaitinhasdaprincesa
palavra puxa palavra
O Cantinho da Primavera

.Contador

.Visitantes on-line

online

.Musica

blogs SAPO

.subscrever feeds