Quinta-feira, 9 de Novembro de 2006

No teu poema

 

No teu poema
existe um verso em branco e sem medida,

um corpo que respira,
um céu aberto,
janela debruçada para a vida.

No teu poema
existe a dor calada lá no fundo,
o passo da coragem em casa escura,
e aberta, uma varanda para o mundo.

Existe a noite,
o riso e a voz refeita à luz do dia,
a festa da Senhora da Agonia
e o cansaço do corpo que adormece em cama fria.

Existe um rio,
a sina de quem nasce fraco ou forte,
o risco, a raiva e a luta de quem cai ou que resiste,
que vence ou adormece antes da morte.

No teu poema
existe o grito e o eco da metralha,
a dor que sei de cor mas não recito
e os sonhos inquietos de quem falha.

No teu poema
existe um canto chão alentejano,
a rua e o pregão de uma varina
e um barco assoprado a todo o pano.

Existe um rio
o canto em vozes juntas, vozes certas
Canção de uma só letra e um só destino
a embarcar no cais da nova nau das descobertas

Existe um rio,
a sina de quem nasce fraco ou forte,
o risco, a raiva e a luta de quem cai ou que resiste,
que vence ou adormece antes da morte

No teu poema
existe a esperança acesa atrás do muro,
existe tudo o mais que ainda escapa
e um verso em branco à espera de futuro.

Versos de José Luís Tinoco já interpretados, de uma forma magnífica, por várias vozes (Carlos do Carmo, Dulce Pontes, Mafalda Arnauth...)

publicado por RB às 23:39
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Lurdes a 10 de Novembro de 2006 às 18:48
... e por Maria de Vasconcelos também!
Adoro, adoro, adoro, adoro, adoro, adoro, adoro!!!!
Não tenho a certeza de ter feito parte da banda sonora da telenovela Vila Faia (onde isto já vai!) mas ao ouvir esta versão foi o que me veio à memória...
Beijinhos e bom fim-de-semana!
ps - E também eu fico à espera do futuro!


De Maria Papoila a 11 de Novembro de 2006 às 13:33
Olá RB.
Uma magnífica cantiga de esperança infinita e por isso fica-me a vibrar a estrofe final...
"No teu poema
existe a esperança acesa atrás do muro,
existe tudo o mais que ainda escapa
e um verso em branco à espera de futuro."
Obrigada pela visita.
Beijos


De PrincesaVirtual a 11 de Novembro de 2006 às 23:30
Bem me parecia que conhecia o poema :D

Gostei e a musica tem o seu que de nostalgica ;)

Beijos e gostei muito de te ver por lá :D


De tonsdeazul a 13 de Novembro de 2006 às 09:03
Esta música é arrepiante!!
Um abraço


Comentar post

.pesquisar

 

.Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


.posts recentes

. Um bom ano 2012

. Madeira

. Alentejo

. Convento de Mafra – Um gi...

. Novas tarifas low cost

. Sensibilidade masculina.....

. A gripe e os homens...

. O dinheiro traz felicidad...

. Recomeça...

. O tempo...

.arquivos

. Dezembro 2011

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Links

Crónicas do Quintal
Viagens na Nossa Terra
As Paixões de uma fan
Grito da Gaivota
O Mundo da Ilusão
Luasolitária
1000imagens
Olhares
O Meu Anel
Alma Guerreira
Pensamentos da Alma
A Kind Of Magic
tons de azul
1001 Maneiras de Poupar
Deep blue angel
Hoje Li (ou não...)
Casa de Maio
A Papoila
Auxiliar de Memória
O Cantinho da Tibéu
Bijuterias da Maria
Bolos da Célia e da Ana
Nuno Cabruja
frufruegaitinhasdaprincesa
palavra puxa palavra
O Cantinho da Primavera
blogs SAPO

.subscrever feeds