Sábado, 25 de Março de 2006

Para reflectir...

       O Mundo Virtual

 

Entrei apressado e com muita fome, no restaurante.

Escolhi uma mesa afastada do movimento, pois queria aproveitar os poucos minutos que dispunha naquele dia atribulado, para comer e corrigir alguns bugs de programação de um sistema que estava a desenvolver, além de planear a minha viagem de férias que há tempos que não sei o que são.

 

Pedi uma posta de salmão com alcaparras na manteiga, uma salada e um sumo de laranja.

Afinal de contas fome é fome, mas dieta é dieta não é?

Abri o meu portátil e apanhei um susto com aquela voz baixinha atrás de mim.

 

- Senhor, arranja uns trocos ?

- Não tenho, míudo.

- Só uma moedinha, para comprar um pão.

- Está bem, eu compro-te um.

 

Para variar, a minha caixa de entrada está cheia de e-mails.

Fico distraído, a ler poesias, as formatações lindas, a rir com as piadas malucas..

Ah! Esta música leva-me a Londres e a boas lembranças de tempos idos.

 

- Senhor, peça para colocar manteiga e queijo também.

 

Percebo que o menino tinha ficado ali.

 

- Ok. Vou pedir, mas depois deixa-me trabalhar, estou muito ocupado, ok?

 

Chega a minha refeição e com ela, o meu constrangimento.

Faço o pedido do menino, e o funcionário pergunta-me se quero que mande o garoto embora.

 

Os meus restos de consciência, impedem-me de dizer sim.

Digo que está tudo bem. Deixe-o ficar. Que traga o pão e mais uma refeição decente para ele.

 

Então ele sentou-se à minha frente e perguntou:

- Senhor, o que está a fazer?

- Estou a ler uns e-mails.

- O que são e-mails ?

- São mensagens electrónicas enviadas por pessoas, pela Internet.

(sabia que ele não ia entender nada, mas, a título de livrar-me de maiores questionários desse tipo):

 

- É como se fosse uma carta, só que via Internet.

- Senhor, você tem Internet ?

- Tenho sim, é essencial no mundo de hoje.

- O que é Internet ?

- É um local no computador, onde podemos ver e ouvir muitas coisas,

notícias, músicas, conhecer pessoas, ler, escrever, sonhar, trabalhar, aprender.

- Existe de tudo no mundo virtual.

- E o que é virtual?

 

Resolvo dar uma explicação simplificada, novamente na certeza que ele pouco

vai entender e vai me deixar descansado para comer a minha refeição, sem culpas.

 

- Virtual é um local que imaginamos, algo que não podemos mexer, tocar.

É lá que criamos um monte de coisas que gostaríamos de fazer. Criamos as nossas fantasias, transformamos o mundo em quase como queríamos que fosse.

 

- É porreiro isso. Gostei !

- Tu percebeste o que é virtual ?

- Sim, também vivo nesse mundo virtual.

- Tu tens computador ?

- Não, mas o meu mundo também é assim...Virtual.

 

- A minha mãe fica fora todo o dia, só chega muito tarde, quase não a vejo.

Eu fico a cuidar do meu irmão pequeno que chora de fome e eu dou-lhe água para ele pensar que é sopa.

A minha irmã mais velha sai durante todo o dia, diz que vai vender o corpo, mas não entendo pois ela volta sempre com o corpo dela.

O meu pai está na cadeia há muito tempo, mas imagino sempre a nossa família toda junta em casa, muita comida,muitos brinquedos no natal e eu vou às aulas para um dia ser médico.

 

- Isso é virtual não é, Senhor???

 

Fechei o meu portátil, não antes que as lágrimas caíssem sobre o teclado.

 

Esperei que o menino terminasse de, literalmente, "devorar" o prato dele, paguei a conta, e dei o troco ao míudo, que me retribuiu com um dos mais belos e sinceros sorrisos que já recebi na vida e com um "Muito Obrigado Senhor".

 

Ali, naquela instante, tive a maior prova do virtualismo insensato em que vivemos todos os dias, enquanto a realidade cruel rodeia de verdade e fazemos de conta que ... não percebemos!

 

 

Autor Desconhecido

 

publicado por RB às 00:39
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De João Mateus a 25 de Março de 2006 às 01:47
Seria capaz de assinar por baixo.
Bjinhos


Comentar post

.pesquisar

 

.Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


.posts recentes

. Um bom ano 2012

. Madeira

. Alentejo

. Convento de Mafra – Um gi...

. Novas tarifas low cost

. Sensibilidade masculina.....

. A gripe e os homens...

. O dinheiro traz felicidad...

. Recomeça...

. O tempo...

.arquivos

. Dezembro 2011

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Links

Crónicas do Quintal
Viagens na Nossa Terra
As Paixões de uma fan
Grito da Gaivota
O Mundo da Ilusão
Luasolitária
1000imagens
Olhares
O Meu Anel
Alma Guerreira
Pensamentos da Alma
A Kind Of Magic
tons de azul
1001 Maneiras de Poupar
Deep blue angel
Hoje Li (ou não...)
Casa de Maio
A Papoila
Auxiliar de Memória
O Cantinho da Tibéu
Bijuterias da Maria
Bolos da Célia e da Ana
Nuno Cabruja
frufruegaitinhasdaprincesa
palavra puxa palavra
O Cantinho da Primavera
blogs SAPO

.subscrever feeds